Insights > Blog

 

 

Prosegur se une à Microsoft para impulsionar cibersegurança.

 

Assinado em Madri, acordo visa transformar as atividades de segurança e segurança cibernética e o desenvolvimento conjunto de novas soluções.

O grupo Prosegur e a Microsoft firmaram acordo de parceria global com o objetivo de transformar as atividades de segurança e segurança cibernética por meio da incorporação de tecnologia e do desenvolvimento conjunto de novas soluções. Inicialmente, a aliança se concentrará em acelerar os programas de transformação digital nos quais a Prosegur está imersa.

A empresa, que já usa os aplicativos de cibersegurança e colaboração da Microsoft para seus milhares de funcionários, trabalha em seu programa de transformação desde 2018. Nesta nova fase, a Prosegur adicionará à sua arquitetura tecnológica atual a plataforma Microsoft Azure e suas capacidades de inteligência artificial.

A Prosegur pretende acelerar a automação de processos, aumentar sua conectividade, ganhar flexibilidade, otimizar suas operações e, por fim, alcançar uma estrutura ainda mais produtiva.

Paralelamente à aceleração dos programas de transformação digital, a aliança estabelecerá grupos de trabalho com o objetivo de aprimorar os produtos atuais do grupo e desenvolver novos serviços. A Prosegur planeja lançar sistemas de segurança e cibersegurança baseados na automação e a análise inteligente na nuvem ou serviços cognitivos baseados em inteligência artificial. Os novos sistemas serão combinados com as capacidades de vigilância física da Prosegur para oferta a clientes empresariais e residenciais.

A Cipher, unidade de cibersegurança do grupo Prosegur, será configurada como empresa voltada a questões de governança corporativa, risco e conformidade regulatória (GRC), em um momento em que a proteção de dados do usuário e aspectos de conformidade se tornaram extremamente importantes.

Já Prosegur Security, área de negócio responsável pela vigilância e tecnologia do grupo, e que no Brasil é liderada pela SegurPro, atualmente presta serviço de segurança física à Microsoft, e ambas aspiram investir cada vez nesta área. Por fim, o projeto contempla um trabalho no campo da formação e transformação cultural. Para isso, além dos programas de treinamento já implementados pelo grupo, serão desenvolvidas iniciativas para potencializar as habilidades tecnológicas e o conhecimento sobre inteligência artificial entre os funcionários da empresa de segurança.

Fonte: Ciso Advisor.

 

 

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS!

Information Security Maturity Self-Assessment Survey

Saiba mais

•  Whitepapers
•  E-books
•  Checklists
•  Self-Assessments
•  Webcasts
•  Infographics