Insights > Blog

O Metaverso novo Desafio para Segurança da Informação

 

É fato que hoje em dia não vivemos mais sem a internet no nosso dia a dia, ela se tornou algo tão importante quanto a água e a luz, e com a internet a evolução das tecnologias estão cada vez mais avançadas, e não somente existentes em histórias de ficção. Uma nova tecnologia vem ganhando mais espaço na vida das pessoas e crescendo cada vez mais, o Metaverso. Mas afinal, o que é esta tecnologia? O que é o Metaverso?

Em conceito, o Metaverso é um ambiente virtual completamente imersivo, faz a integração entre o mundo real e o mundo virtual, isso com ajuda de diversas tecnologias de realidade virtual (um ambiente gerado por meio de um computador com cenas e objetos que parecem reais, geralmente utilizando-se imagens na terceira dimensão) e realidade aumentada (tecnologia que consiste em sobrepor elementos virtuais à nossa visão da realidade). O Metaverso é a junção destas tecnologias e muito mais. Esse novo universo visa a criação de avatares (personagens virtuais) e simulações na terceira dimensão para conectar e aproximar as pessoas no geral, essa integração dos mundos permite coisas inimagináveis, onde nem mesmo a tecnologia atual é capaz de suportar.

Apesar do assunto ainda ser novidade para muitos, a primeira ideia de Metaverso surgiu em 1992 em um livro de ficção científica de Neal Stepherson. Em seguida, a ideia apareceu em diversas obras, incluindo o cinema. No início dos anos 2000 o famoso jogo Second Life já passou a ideia do Metaverso, onde o mesmo fornece um ambiente virtual na terceira dimensão com simulações da vida real e os jogadores criam avatares e interagem entre si, fazendo coisas do cotidiano, como comer, beber, conversar, trabalhar, passear com o animal de estimação, ouvir música, dançar, dormir, tomar banho, entre outros, tudo em um ambiente virtual. Hoje em dia existem diversos jogos recentes, Hexarchia, Decentraland (MANA), Axie Infinity (AXS), My Neighbor Alice, Crypto Cars, Bloktopia, The Sandbox (SAND), Enjin Coin (ENJ), DeFi Kingdoms, Alien Worlds,  que fazem tudo isso e muito mais, é possível até mesmo ganhar dinheiro real em um ambiente de Metaverso.

No começo muitas pessoas apenas viam o Metaverso como um jogo que simula a vida, mas não é somente isso que se pode fazer com ele, a ideia é que este ambiente se torne cada vez mais amplo e faça uma enorme diferença na sociedade, incluindo a maneira como as pessoas aprendem, trabalham e interajam entre si. Por exemplo, um aluno vivendo no Brasil, vai estudar em uma universidade nos Estados Unidos, através do Metaverso com o uso de tecnologias especificas, este aluno pode ver seu professor em tempo real, conversar, interagir com ele como se estive em uma sala de aula presencialmente. Outro exemplo, uma pessoa ao invés de acessar um site e ficar olhando o catálogo de produtos pela tela do computador, pode interagir com o produto em si, pegar na mão, olhar o produto de todos os ângulos, ter a noção de espaço, tudo de maneira virtual, mas com a sensação de que aquilo era real, e isso faz toda a diferença para tomar a decisão de comprar tal produto. Não menos importante a realização de shows de cantores de sucesso realizados em jogos.

O Metaverso, sem dúvida é um novo universo que visa uma experiencia realmente incomum e única, mas com seu crescimento, existem também perigos virtuais, onde pessoas más intencionadas utilizam-se de artimanhas para cometer crimes virtuais que impactam na realidade, estes perigos podem ser:

Roubo de identidade

Os logins de usuários estão cada vez mais conectados no ambiente do Metaverso, como uma extensão das credenciais usadas para acessar redes sociais e jogar games, criminosos podem roubar a identidade destes usuários e fazendo se passar por eles para criar diversas fraudes, podendo roubar itens raros de jogos, que valem uma boa quantia de dinheiro real, roubar informações pessoais e fazer empréstimos bancários, roubar dados de cartões de credito e realizar compras, e até entrar em contato com amigos e parentes para solicitar dinheiro, como já vemos ocorrer fora do Metaverso. Para prevenir estes tipos de golpes, o melhor a fazer é, ao acessar uma conta virtual, que os usuários tenham formas de autenticação de dois fatores, ou seja, além de sua senha pessoal, autorizar a entrada através de um código recebido em seu celular, este código pode ficar disponível por apenas um período curto, até a pessoa acessar e comprovar seu recebimento. A criação de senhas fortes, não compartilhar estas senhas, principalmente com terceiros e desconhecidos é sempre recomendado.

Golpes de engenharia Social e problemas para crianças e adolescentes.

Com o Metaverso é comum a criação de ambientes virtuais para relacionamentos, ou conhecer pessoas novas, com isso pessoas podem facialmente se passar por pessoas completamente diferentes, criar historias falsas pedindo ajuda financeira, realizar perseguições, etc. Hoje em dia, existem tecnologias que através de uma foto em diversos ângulos é possível criar um rosto real, alterar a voz, e se fazer passar por alguém que você conhece ou alguém que você tenha interesse, e com isso sofrer golpes ou perseguições. Para evitar este tipo de situação é imprescindível que você consiga identificar com quem está falando, não confie, não passe informações pessoais, onde mora, onde trabalha, e principalmente oriente seus filhos sobre o assunto para que tomem o máximo de cuidado, crie regras e controles para as crianças, monitorem as atividades que elas exercem no mundo virtual.

Problemas relacionados ao Blockchain

Blockchain é uma forma no qual o usuário interage através da internet em um sistema de comunicação, para executar suas operações financeiras, registros e outras atividades, confiando que seus ativos digitais são protegidos. Um papel fundamental do Blockchain no Metaverso é garantir que o usuário seja o único capaz de interagir com seu ativo virtual, por exemplo, pessoas estão realizando compras de produtos totalmente virtuais, obras de arte únicas, uma música, uma roupa exclusiva para seu avatar virtual, cujo bem valha dinheiro e possa ser visado por pessoas más intencionadas. Uma boa forma de se proteger, cada usuário tenha senhas robustas para acessar seu ambiente virtual, não informe a senha para ninguém, acesse o ambiente virtual através de equipamentos de confiança, seu próprio celular ou computador pessoal, mantenha seus equipamentos protegidos contra ameaças e sistemas atualizados.

O Metaverso sem dúvida é uma tecnologia de ponta, ainda pouco explorada na prática, mas que vai revolucionar a maneira e o estilo de vida das pessoas.E como usual em grandes tecnologias, acompanha grandes reponsabilidades. Temos de estar atentos a pessoas más intencionadas, não acessar nossas contas virtuais de qualquer dispositivo, manter nossos dispositivos sempre atualizados, livres de vírus e ameaças, realizar trocas periódicas de senhas, criar senhas fortes e não repassá-las a terceiros. A melhor ferramenta para se prevenir dos riscos neste mundo é a conscientização das pessoas e seu relacionamento e cuidado com seus dados pessoais.

Da Redação – Roberto Ribeiro da Motta e Marcelo Creazzo  – Information Securitya da Cipher 

Fonte: Programa CNN https://www.cnnbrasil.com.br/business/entenda-o-que-e-o-metaverso-e-por-que-ele-pode-nao-estar-tao-distante-de-voce/ Realidade virtual e aumentada: Tecnologias para aplicações profissionais  autor: Arivelto Bustamante Fialho

 

 

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS!

Information Security Maturity Self-Assessment Survey

Saiba mais

•  Whitepapers
•  E-books
•  Checklists
•  Self-Assessments
•  Webcasts
•  Infographics