Insights > Blog

 

 

Como gerenciar equipes de alta performance

 

Quarentena exige mais sensibilidade do gestor para manter colaboradores motivados e focados em alcançar metas agressivas.

Na esteira da quarentena provocada pelo coronavírus, a continuidade dos negócios foi a força propulsora por trás de diversas decisões de investimentos em tecnologia e ferramentas de conexão para trabalho remoto, assim como tornou mais agudo o problema do estabelecimento de perímetros de defesa de informações sensíveis. Ao mesmo tempo, a motivação e o engajamento das equipes, sejam de vendas, TI ou marketing, têm demandado igual atenção e esforços pelos gestores. Nesse ponto, o gerenciamento de equipes de alta performance vem ganhando destaque nas organizações.

Para David Tudino, diretor de MSS – Managed Security Service ou SOC para América Latina da Cipher, empresa do Grupo Prosegur, especializada em Segurança Cibernética, a equipe de alta performance se caracteriza por ser heterogênea, fortemente focada e capacitada.

Segundo o executivo, que lidera uma equipe de TI de aproximadamente 80 pessoas atuando 24×7 durante todo o ano, isso torna diferente o gerenciamento de um time com essas características. “É preciso tornar o trabalho um objetivo de comum acordo, desde as metas a serem alcançadas, os valores a serem melhorados, quais pontos os colaboradores precisam dar mais atenção e em quais eles são muito bons. O melhor é focar naquilo em que elas são realmente boas e em quais gostariam de se desenvolver”, avalia.

Essas equipes, por terem alto desempenho, geralmente também recebem metas mais agressivas a serem alcançadas, mas o equilíbrio entre uma meta agressiva e inalcançável pode ser difícil de se encontrar. “Nesse ponto entra o papel do líder, que é quem tem capacidade de sentir a equipe e saber se deve aliviar essa pressão, por meio de elogios, atividades extra trabalho, reconhecimento financeiro ou perspectiva de crescimento pessoal ou profissional. Uma meta agressiva que não pode ser alcançada tem grande potencial de desmotivar o time, caso a frustração não seja transformada em motivação. Ao mesmo tempo, sem desafios uma equipe de alta performance não se sente motivada o suficiente para entregar um bom trabalho”, explica.

Para o executivo, a pandemia produziu uma nova realidade nas empresas. “Hoje temos contatos diários mais rápidos do que antes, quando íamos tomar um café com o colaborador. No começo foi difícil, mas hoje já é possível perceber que, apesar da comunicação ter se tornado virtual, podemos conversar sobre amenidades, conhecer melhor quem trabalha conosco e perceber dúvidas e ansiedades. A emotividade causada pela pandemia também produziu um efeito positivo, de aumentar a colaboração para fazer tudo dar certo. Mas o líder precisa deixar claro o quê, quando, porquê, onde e quanto eles precisam fazer, sem medo de errar, pois só não erra quem não faz”, explica.

O especialista da Cipher também apresenta uma lista com as principais dicas que podem ajudar os gestores a orientar melhor suas equipes:

  • Defina metas claras e a importância de cada um para atingi-las;
  • Promova treinamentos e capacitação contínua;
  • Incentive o feedback como ferramenta de motivação;
  • Desestimule a competição que gera conflitos;
  • Mantenha o controle das atividades;
  • Estimule o contato entre as equipes.

Sobre a CIPHER

Fundada em 2000, a CIPHER, uma empresa global do Grupo Prosegur, especializada em segurança cibernética, oferece uma ampla gama de produtos e serviços, suportadas pelo melhor laboratório em segurança da Informação: o Intelligence Lab. Com escritórios localizados na América do Norte, Europa e América Latina, possui seis centros de operação de segurança 24/7, complementados por parceiros estratégicos ao redor do mundo.

A CIPHER é altamente acreditada como provedora de Serviços Gerenciados de Segurança (MSS) por meio das certificações da empresa como ISO 20000 e ISO 27001, SOC I e SOC II, PCI QSA e PCI ASV.

A CIPHER também recebeu diversos prêmios, incluindo melhor MSSP da Frost & Sullivan nos últimos seis anos consecutivos. Os seus clientes são compostos por grandes empresas e agências de governo, com inúmeros cases de sucesso. A CIPHER provê às organizações, por meio de tecnologias avançadas e especializadas, serviços que os protegem contra ameaças, enquanto gerenciam riscos e asseguram a operação através de soluções inovadoras

 

Fonte: SEGS – Por CAPITAL INFORMAÇÃO – Assessoria de Imprensa.

 

 

 

 

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS!

Information Security Maturity Self-Assessment Survey

Saiba mais

•  Whitepapers
•  E-books
•  Checklists
•  Self-Assessments
•  Webcasts
•  Infographics